Início / Negócios / AMD vende chips quebrados de PS5 em PCs para mineração

AMD vende chips quebrados de PS5 em PCs para mineração

AMD vende chips quebrados de PS5 em PCs para mineração

Um tipo de negócio no qual todos gostam de ganhar, mas ninguém gosta de ter seu nome associado é a mineração de criptomoedas. Por isso, para descobrir os componentes de um poderoso rig de mineração de US$ 14,8 mil (R$ 70 mil) produzido por uma parceria entre a ASRock e a AMD, o site Tom’s Hardware se baseou em informações publicadas em uma conta restrita do Twitter e em fontes especializadas no assunto.

Na terça-feira (29), o vazador Komachi tuitou que as doze APUs AMD BC-250 (chip combinado de CPU e GPU) que compõem o parrudo sistema de 610 MH/s são, na verdade, refugos do processador “Oberon”, que podem ter sido retirados de consoles de PlayStation 5 inutilizados.

 

01105349313110

Como funciona o negócio de mineração da ASRock?

Embora a ASRock seja uma conhecida fabricante de Taiwan, onde produz placas-mãe, produtos para data centers e PCs com AMD Ryzen, as referências ao negócio de mineração simplesmente não existem. Não há uma filial dedicada e nem mesmo um site onde os produtos poderiam ser listados.

E é por isso que esclarecimentos sobre esse tipo de produto só são possíveis através de vazadores ou varejistas. No caso citado, Komachi descobriu um rig de mineração à venda em uma empresa eslovena chamada Bolha. O equipamento é descrito como “ASRock Mining Rig Barebone 610 Mhs 12x AMD BC-250”, afirmando ser um sistema “testado e certificado” e fruto de uma “cooperação entre a AMD e a ASRock”.

Segundo blogs especializados, uma placa AMD BC-250 é capaz de gerar até US$ 2 por dia em ethereum, considerando o seu valor atual (US$ 3,4 mil), após descontar os gastos com eletricidade, o que significa um retorno somente depois de uns dois anos de mineração. No entanto, como o Ethereum já anunciou para o segundo trimestre do ano a mudança para o chamado consenso de proof-of-stake (PoS), esse investimento pode se tornar obsoleto.
Source: Tecmundo

Sobre Liands

Olá, me chamo Liands e sou formado em comunicação em mídias digitais. Atualmente trabalho com desenvolvimento web e produção de conteúdo para as mídias digitais. Seja em forma textual ou audiovisual.

Você também pode gostar.

thumb

Restaurando e instalando tela colorida GameBoy Color

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *